A Deutsche Welle, emissora internacional de notícias alemã, traz a matéria de autoria das jornalistas Alicia Prager e Flávia Milhorance, sobre o projeto de produção de orgânicos em Formosa do Rio Preto (BA).

Pela importância da notícia e extensão do projeto, compartilho o que foi autorizado expressamente pela Sra. Francis Franca, editora para o Brasil.

Sul-coreanos criam oásis de alimentos orgânicos na Bahia

Devido à escassez de terras na Coreia do Sul, empresa de orgânicos Doalnara expandiu suas operações para o Brasil. Maior projeto da companhia no exterior, comunidade no Nordeste mantém costumes do país asiático vivos.

Entrada da fazenda sul-coreana Oásis, a 950 quilômetros de Salvador

Na traseira de um carrinho de golfe novo em folha estacionado num posto de gasolina de Formosa do Rio Preto, na Bahia, uma folha de papel traz escrito “Propriedade dos Coreanos”. No município sossegado no oeste do estado, a cerca de 950 quilômetros de Salvador, a cena inusitada causa entusiasmo entre os habitantes da região.

“Estão dizendo que a fazenda deles parece até uma cidade nova”, diz Abner Costa, abaixando a voz e apontando para o carrinho.

Gisélio Serpa, um dos líderes dos agricultores locais, acrescenta: “A gente sabe que eles trouxeram muito material de construção.” Questionado se são bons vizinhos, ele responde: “Eles são tranquilos.”

Para ler a matéria completa, acesse o original aqui.