Implantação coletiva de uma agrofloresta utilizando os preceitos da técnica de Ernst Götsch

Agrofloresta 1ª turma em Goiânia-1200x550

Na Agenda Götsch, Dayane Andrade escreveu a respeito de Ernst: “Referência internacional em Sistemas Agroflorestais Sucessionais, Ernst Götsch* desenvolveu uma apurada técnica de plantio cujos princípios e práticas podem ser aplicados a diferentes ecossistemas. “Amazônia, Cerrado, Altiplano Boliviano, Caatinga, eu vi que todos esses lugares podem ser um paraíso quando bem trabalhados”. Com uma visão da agricultura que reconcilia o ser humano com o meio ambiente, Götsch tem artigos publicados, mas nunca escreveu sobre o conjunto de suas observações, pois acredita que sua pesquisa não está acabada. E, mesmo sobre as conclusões a que já chegou, diz que “não há o que ser dito, pois é óbvio”, com a clareza daquilo que dá certo que, naturalmente, nos salta aos olhos.”

* Já que a grafia correta é Götsch, no texto de Dayane está como Gotsch, resolvi usar.
Em alemão, o ‘o’ com trema ‘¨’ representa a junção das vogais ‘o’ e ‘e’, no caso do sobrenome em questão.

Facilitador:
Rafael Tokarski

Local:
Na casa de bioconstrução de duas bolas verdes de Gregor Kux
Via Guaranis Q. P, L. 13 e 14, Condomínio Shangry-Lá (perto do Itatiaia, Câmpus II da UFG)
74691-470 Goiânia – GO

Data:
Domingo, 21 de fevereiro de 2016, das 8:30 às 19:00 h

Contribuição voluntária, solidária:
R$ 30,00 ou um prato para o almoço coletivo.

Traga:
– Todo tipo de sementes de árvores e frutíferas
– Ferramentas como enxada, pás, facão, carrinho de mão, cavadeira, luvas, rastelo

Contato e informações:
Gregor: 9633 4801 (Tim e WhatsApp) ou gregorkux@hotmail.com